quinta-feira, 4 de março de 2010

Mulher no pastorado: Pode ou não pode?

      Eu nunca me interessei em abordar esse assunto porque já faz tempo que a menção do título "Pastora" não é uma preocupação para mim, no sentido de significar algo que mexa com meu ego ou que mereça destaque na minha vida.
      Resolvi escrever sobre mulheres no ministério em atenção aos leitores e seguidores do Blog que andam perguntando minha opinião a esse respeito.
      Há aqueles que só querem mesmo ver o circo pegar fogo, me indagando em tom de desafio, do tipo: "prove que isso é bíblico".
      Pra esses eu não estou nem aí, mas como o post é público, vai servir para todos.

      Para mim, importante é:
**o que se faz na Igreja e nos campos missionários**
**o nível de entendimento e execução da palavra SERVIR**
Isso sim, é universal, plural, unissex, bíblico e não requer título nenhum.

       Ninguém fica mais espiritual, mais humilde, mais disposto, dedicado ou atuante por causa de um título antes do nome, nem homem, nem mulher. 


      Carrego o título de Pastora sem a intenção de defendê-lo, mas sem menosprezo por ele e sempre faço questão de deixar claro aqui no Blog o quanto esse peso é difícil de levar, não por causa do Senhor, que me chama apenas de filha, mas por causa de tanta gente!

      Aceito-o tranquilamente por respeito ao ministério ao qual pertenço desde 1990, pois este consente e ordena algumas mulheres ao ministério pastoral.
      Contudo nunca fiz apologia disso e nunca fiquei de porta em porta reivindicando nada.
      Já ficou nítido aqui que eu prefiro ser vista como gente, ainda que insistam nos títulos como Pastora, Bispa, Apóstola, Presbítera, Mãestora, Bispóstola, Presbispa ou sei lá mais quantas coisas...não acho nada disso necessário mesmo!
     
     Tem muita gente preocupada com esse assunto por zelo e para estes meu artigo trará reflexão.
      No entanto há outros cuja raiz da preocupação no assunto está em justificar seus preconceitos. Para estes o artigo só vai dar oportunidades de vociferar. Ai, que meda!

CONSIDERAÇÃO 1
  Por que incomoda menos o título "diaconisa" 
mesmo que ele também não exista no original bíblico?

      O que faziam as mulheres abaixo relacionadas senão atuarem ombro a ombro com os grandes e másculos homens de Deus na edificação do Reino?
      Como se pode classificar os serviços que essas e outras mulheres da Bíblia prestavam ao Reino como exclusivamente "femininos"?
      Será que tudo o que elas faziam era em silêncio, ou teriam algum homem para ir legendando o que tinham a dizer? 
       


*Miriã (Profetisa: Êx. 15:20)
*Débora (Juíza: Jz. 4:4)
*Jael (verdadeira guerreira por cujas mãos veio a vitória de Israel:Jz 4:17-21)
*Hulda (profetisa 2 Reis 22:14)  
*Febe (trabalhando na Igreja de Cencréia: Rm. 16:1)
*Priscila (Discipulava Apolo junto com Áquila: Atos 18:24-26)
*a esposa de Isaías (Profetisa: Is. 8:3)
*Ana (Profetisa: Lc. 2:36)
*as 4 filhas de Felipe (Profetisas: At.21:9)
*Trifena e Trifosa (trabalhavam para o Senhor: Rm. 16:12)
*Pérside (também trabalhava muito para o Senhor: (Rm. 16:12)
*Áfia (companheira de "lutas" de Paulo: Fl 1:2)
etc...

CONSIDERAÇÃO 2
  Pensando no que o Ap. Paulo escreveu em 
I Co. 14:34, 35 e I Tim. 2:11, 12...

      Apenas 2 Igrejas tiveram ordens expressas para que qualquer participação de mulheres na liturgia fosse anulada: Éfeso e Corinto.
      Corinto, cidade portuária, pontinho de decadência moral onde ficava o Templo de Afrodite (deusa do amor e do sexo), com cerca de 1.000 prostitutas cultuais popularizando na cidade a prática de orgias. (Fonte: Wikipedia).
      Éfeso, onde estava localizado o maior templo do mundo antigo: o Templo de Artemis, em homenagem a Diana, considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo.  Lá trabalhavam centenas de sacerdotisas virgens que pregavam a superioridade feminina. (fonte: Wikipedia)

      Para mim é simples entender porque Paulo não decretou as mesmas ordens aos Romanos, Gálatas, Filipenses, Colossenses, Tessalonicenses, a Tito (em Creta) e a Filemom. 
      Racionalizando, e não espiritualizando essas informações, creio ter sido muito difícil estabelecer o evangelho de Cristo com tantas desordens na cultura local desses povos, onde uma mentalidade aferrada à sexualidade e ao poder feminino imperava.
     
APENAS UM EXEMPLO:      

Desse mesmo ponto de vista torna-se simples também o entendimento da ordem sobre o uso do véu.
      Tanto na antiguidade como na atualidade, o véu fala da honestidade, respeito e dignidade da mulher oriental em relação ao marido.
      Exemplos atuais:
      O Xador usado por mulheres muçulmanas de países islâmicos, cobre todo o corpo exceto os olhos.
      A Burca que é uma versão radical do Xador, cobre tudo inclusive os olhos e é usada por mulheres do Afeganistão e Paquistão.
      Na antiguidade, o véu só não era usado por mulheres de luto, prostitutas e esposas infiéis, mas parece que em Corinto as cristãs estavam querendo se liberar do costume.
      "Seria aquela nova religião apropriada para mulheres castas e fiéis, ou tratava-se de uma seita que acolhia mulheres infiéis e prostitutas?
ESSA ERA A CRÍTICA FEITA AO CRISTIANISMO!!!

      Bem, esse assunto renderia muito mais reflexões, mas só usei a questão do véu como ilustração para que possamos comparar o peso das ordens dadas por Paulo a essas Igrejas isoladamente, já que uma das regras mais básicas da Hermenêutica é entender o contexto no qual o texto foi escrito.

CONSIDERAÇÃO 3
      Sobre a palavra autoridade...

      Ela aparece 68 vezes no NT e, como a maioria sabe, as traduções bíblicas que temos no português não possuem todas as variações das palavras que os textos originais exibem. 
      Um exemplo clássico disso é a palavra traduzida em nossa língua por AUTORIDADE, mas que vem em  6 variações no original do NT:

1-exousia: a mais usada, referindo-se à autoridade que Jesus exercia (Mt. 7:29)
2-archon: muito usada para se referir a governantes, comandantes, líderes, príncipes... (Rm. 13:3)
3-katexousiazo: aparece apenas 2 vezes (Mt. 20:25 e Mc. 10:42) com referência a uma autoridade exercida pelos maiorais políticos
4-exousiazo: sentido idêntico a katexousiazo
5-huperoche: vê-se 2 vezes no NT: I Tm. 2:2 numa admoestação para orar em favor dos reis e dos que tinham autoridade e em I Co. 2:1  na pregação de Paulo.
6-authenteo:Aparece apenas em I Tm. 2:12 quando Paulo diz "Não permito que as mulheres ensinem ou tenham authenteo sobre os homens"

RECORRENDO AO PAI DOS BURROS...
      Nos melhores Léxicos (gente, não seria prático escrever os imensos nomes em inglês) vemos as seguintes explicações a respeito da palavra authenteo:

Ter completo poder sobre; controlar de maneira arrogante  e tiranizadora; gritar ordens; agir como chefe com; latir para;

      Vejo claramente que o sentido da palavra authenteo fala de um domínio exacerbado, descabido, vergonhoso e sem respeito...você não vê???  

CONSIDERAÇÃO 4
 CONCLUINDO...

      Lendo Atos 1:14 e 2:1-4 acho intrigante pensar que várias mulheres iam ao cenáculo para as reuniões de oração junto com os homens (At. 1:14) em obediência à ordem de Jesus: que ficassem juntos em Jerusalém para aguardarem a descida do Espírito Santo. 
      No dia de Pentecostes:
      *estavam todos juntos no mesmo lugar
      *ouviram todos o estrondoso barulho vindo do céu
      *tiveram todos a visão das línguas repartidas que pousaram sobre cada um
      *foram todos cheios do Espírito Santo.

      Pedro toma a palavra e diz aos presentes que "aqueles homens" não estavam embriagados (2:15), por causa do sistema judaico da época, onde as mulheres eram desconsideradas nas citações (isso é largamente sabido) e não pelo fato de haverem só homens presentes no cenáculo.

      Tanto é que, segundos depois (At. 2: 16-18) ele explica que aquela era a concretização da profecia de Joel, em que o Espírito seria derramado sobre toda a carne, tempo em que os filhos e filhas do povo profetizariam, em que jovens (ele não precisou citar "as moças" para que entendêssemos que elas estariam incluidas nesse pronome indefinido) teriam visões, velhos (também não citou "as velhas" pelo mesmo motivo) sonhariam e servos e servas do Senhor profetizariam (ou anunciariam).

      Por que agradou a Deus derramar o Espírito Santo sobre as mulheres também?
      Como será que Deus sonhou que as filhas deveriam anunciar? 

VOCÊ PENSA DIFERENTE? VOCÊ ACHA QUE ADMOESTAÇÃO É IGUAL A PRINCÍPIO? É DIREITO SEU, PORÉM TOME SEMPRE CUIDADO PARA NÃO SAIR PRATICANDO authenteo SOBRE AS PESSOAS, GRITANDO, AGINDO COMO CHEFE OU LATINDO!!!

73 comentários:

Pr. Cláudio Nunes Horácio disse...

Querida irmã, obrigado pela visita e comentário no meu blog. Li o que você me sugeriu e é duro de engolir, mas façamos como disse Voltaire: "Não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o teu direito de dizê-las". Forte abraço.
A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vocês.

Alexandre disse...

Paz...

Não se trata de mero preconceito, ou nepotismo masculino.
Há princípios deixados para a eklésia que acompanham os deixados para ornar um lar adequado segundo os moldes divinos...
A instituição de mulheres como autoridade espiritual, nunca foi observada em toda a narrativa bíblica.
Mesmo Débora que era juíza, não dominava, mas sim Baraque era o líder (frouxo diga-se de passagem).
Nunca houve uma "suma-sacerdotiza" em toda história de Israel...
Jesus chamou 12 homens...
Paulo ordenou tanto a Timóteo, quanto a Tito ordenarem homens dígnos como presbíteros (pastor, bispo, dá no mesmo).
Não digo que uma mulher não tenha seu lugar e função na estrutura da eklesia, pois há inclusive muitas tarefas que podem e devem contrair: diaconisa (inferência 1Tm 3.11), ensinar tanto as mulheres mais novas, quanto as crianças (Tt 2.3-5).
Mesmo no ministério de JESUS, as mulheres que o seguiam, contribuiam de forma material (Lc 8.1-3).
Enfim, frise-se que não se trata de preconceito machista, mas sim de pontuar o que de fato é bíblico, e o que é adequação de livre escolha. Não discuto idoneidade, mas sim o que seria o ideal. Lembrando sempre que a Bíblia nos indica "nortes" ideais segundo DEUS.
Se o que fazemos com "boas intensões", também chegam assim diante de DEUS, somente a eternidade irá dizer. Afinal, não é a sinceridade com que se pratica algo que diz de sua correção, pois é de mais valia as imperfeições dentro de um contexto correto, do que não te-las num contexto errôneo.
Alguns advogam que DEUS por ser Espírito é assexuado, mas Ele mesmo diz de si mesmo: Eu Sou O SENHOR!(Ex 3.15) O cordeiro sacrificial tinha que ser macho (Ex 12.5). Nosso mediador é Jesus Cristo homem (1Tm 2.5). Penso que toda essa masculinidade bíblica não foi posta em vão!
Esta é minha impressão sobre o assunto.

Daladier Lima disse...

Seu post, apesar do tom ácido, reflete uma realidade bíblica da emancipação da mulher. Não se trata de feminismo, machismo ou achismo. É incontestável o nivelamento imposto pelo Espírito Santo no Cenáculo. Sabemos que as mulheres tinham seu próprio átrio e lá ficavam, enquanto os homens transitavam livremente no Templo. No Dia de Pentencostes todos foram cheios, indistintamente.

Tenho ecoado esta verdade no meu blog. Clicando aqui há um apanhado de links que exploram a problemática. Eu destacaria uma paródia que fiz sobre as contradições em nossas igrejas.

Abraços, e Feliz Dia da Mulher.

Alessandra disse...

Perfeita,inteligente e esclarecedora defesa.Abraço.

Susana Silvério disse...

Minha irmã, estou orgulhosa! Confesso que me incomoda um pouco a falta de reconhecimento por parte da insituição para com o trabalho árduo e dedicado das mulheres, na obra das congregações. Mas, partindo do pressuposto de Cristo que, aqueles que recebem honra e glória aqui na terra, já tiveram o seu galardão, fico confiante no galardão que receberemos de Deus, no céu. E pra mim apenas o reconhecimento dEle já é tudo que eu preciso!
Mais uma vez, parabéns.

Susana Silvério
Blog Chokmah - refletindo sobre os desafios da vida cristã
http://susanasilverio.blogspot.com

Ana claudia Stelet Moreno da Silva disse...

Oi pastora, vou responder exatamente o que respondi para um irmão que me visitou em meu blog e me fez esta mesma pergunta.
Este assunto sobre o ministério pastoral para mulheres trazem muitas controvérsias.
Eu quero antes de tudo falar do legalismo , pois o legalista é aquele que não aceita as coisas que ferem ao que ele aprendeu e sempre é governado por regras e leis e a maneira que ele vê as coisas é sempre a correta. E qualquer outra coisa que fugir ao que ele pensa é imediatamente condenado.
Observamos que o Apóstolo Paulo em sua epístola, faz restrições as mulheres definindo-as até mesmo como um ser inferior devido ao costume oriental. O que me leva a relevar a posição do Apóstolo Paulo , pois diante desta visão das mulheres na época e ainda hoje no oriente, instituir mulheres na liderança poderia até trazer problemas a obra missionária. Porém, vemos hoje um derramar do Espírito sobre toda a carne e isso inclui as mulheres também. “E derramarei do meu Espírito sobre as minhas servas e elas profetizarão”. E um dos significados de profetizar é anunciar = divulgar e divulgar as Boas Novas. Deus está escolhendo mulheres em todo o mundo que estão recebendo a plenitude do seu Espírito para servirem ao Senhor. E mesmo que não exista nenhuma citação na bíblia quanto ao chamado pastoral feminino, não há como negar que existe um mover do edificador da igreja, o Espírito Santo trazendo revelação e desaguando sobre as mulheres unção nestes dias para a liderança .
Portanto acredito que como antes ainda hoje a mentalidade de muitos é de farizeu que quer escravizar e oprimir.
O que dizer sobre o fato de Jesus escolher uma mulher samaritana para evangelizar Samaria? Ele poderia ter escolhido um homem.
O que dizer de Lídia uma vendedora de Púrpura, onde a evangelização de Paulo na Europa iniciou-se em sua casa? Porque não na casa de um homem?
O que dizer de Priscila e Áquila? Note que o nome Priscila vem na frente , pois ela foi quem assessorou Paulo. Priscila e Áquila estavam unidos não apenas pelo casamento mas também pelo ministério. E quando Paulo saiu de Éfeso eles permaneceram ali e supervisionaram o ministério naquele lugar e foram lideres da igreja primitiva. A bíblia faz referência no Plural de que Deus os usou para ministrar à alguns grandes líderes da igreja primitiva. Ministrar é servir, e não é isto que um pastor faz? Sou totalmente a favor da mulher ser consagrada a pastora. A bíblia não diz: O homem que deseja o episcopado deseja uma excelente coisa, porém diz: Quem deseja o episcopado excelente coisa quer. Enfim , Deus não faz acepção entre ninguém, muito menos entre homens e mulheres. Grande abraço , paz.
OBS: Me sinto muito honrada em ter conhecido uma pastora como vc, sem demagogia,é de coração.

Lynizinha disse...

olá querida,será um prazer fazer parte do seu blog,assim poderei ter o privelegio de sempre olhar sua msgs e ser edificadas,pelas mesma e pelo visto super legal e bem de cabeça aberta são pessoas como vc q o senhor estar precisando pra mudar o nosso Brasil sem demagogias e com msgs simples e diretas ...
um super bjo
pra vc

KASSIO KIBOR disse...

tem um selinho para vc no meu blog - Passa lá para pegar

Novo post: Selinho Happy 101

tem um selinho para vc no meu blog

link: http://kiborblog.blogspot.com/2010/03/selinho-happy-101.html

"ou clique aqui -> Post - Selinho Happy 101"

Amo ler seus comentários e tenho prazer em responde-los

"clique aqui http://kiborblog.blogspot.com/"

Fique na paz do Senhor
Será um prazer ler seus comentários,
Faça um Blogueiro mais feliz, COMENTE!

Atenciosamente,
"Kassio Kibor - KIBOR BLOG "

Frank Braga Jrna disse...

graça e paz da parte daquele que foi, que é e que há de vir
passei pra conhecer seu espaço e lhe parabenizar, godtei do seu blog,volta e meia vou passar por aqui, pazzz.

Barbosa disse...

"E ele mesmo deu uns para apóstolos,e outros para profetas,e outros para evangelistas,e outros para pastores e doutores ou mestres Ef4.11.
Pastores,são aqueles que dirigem a congregação local e cuidam das suas necessidades espirituais.Também são chamados "presbíteros" At20.17;Tt1.5,e "bispos" ou supervisores 1 Tm 3.1; Tt1.7.
A tarefa do Pastor é cuidar da sã doutrina,refutar a heresia Tt1.9-11,ensinar a Palavra de Deus e exercer a direção da igreja local 1 Ts 5.12; 1 Tm 3.1-5,ser um exemplo da pureza e da sã doutrina
Tt 2.7,8.
Sua tarefa é assim descrita em At 20.28-31.
1 Tm 3.1,2 diz: "Esta é uma palavra fiel:Se alguém deseja o episcopado,excelente obra deseja.Convém,pois,que o bispo seja irrepreensível,marido de uma mulher,vigilante,sóbrio,honesto,
hospitaleiro,apto para ensinar.
Se algum homem deseja ser"bispo" tem que ter sobre si responsabilidade pastoral,o pastor.
Em At 14.23 diz: E,havendo-lhes por comum consentimento eleito anciãos em cada igreja,orando com jejuns,os encomendaram ao Senhor em quem haviam crido.
A congregação de anciãos ou presbíteros(aqui ministros ou pastores),foi feita não somente pela busca da vontade do Espírito,mediante a oração e jejum,como também através de um exame do caráter,dos dons espirituais,da reputação e da vida irrepreensível dos candidatos.1 Tm 3.1-10.Se fossem achados irrepreensíveis,seriam cansagrados.( Ver o estudo qualificações morais do pastor).
As palavras"presbítero"pastor,bispo
são equivalentes e se referem ao mesmo cargo eclesiástico.
Presbítero ou pastor,indica a maturidade e dignidade espiritual necessárias ao cargo:"bispo" se refere ao trabalho de supervisionar a igreja como administrador da casa de Deus.
Concluindo,uma das qualificações mais importantes para o dirigente eclesiástico é que ele seja um exemplo para os demais cristãos.
A palavra grega traduzida"exemplo"é tupos,que significa "modelo",imagem","ideal"ou padrão.
O pastor,antes de mais nada,deve ser um modelo de fidelidade,de pureza e de perseverança no viver religioso.
Somente deve ocupar o cargo de pastor da igreja o homem do qual a igreja possa dizer aos seus membros: Este obreiro tem uma vida cristã digna de ser imitada.
Como o apóstolo Paulo disse,sedes meus imitadores como eu sou de Cristo.
(Ver sobre o estudo qualificações morais do pastor).
Então,em momento algum à palavra "PASTORA,e BISPA" foram mencionadas na bíblia,isto é IRREAL,até que me provem o contrário,ESTÁ ERRADO.
Vemos que estes atributos que deram a "PASTORA e BISPA",foram elaborados por homens nos tempos atuais.Isto virou moda,não é bíblico.
Hoje em algumas igrejas,temos consagração de "PASTORAS e BISPAS" e está sendo em massa,pricipalmente se for espôsa de pastor.
Pastor é aquele que administra a igreja,cuida,zela pelo seu rebanho.
Pregando a Palavra de Salvação as almas perdidas.
E a mulher em geral,sendo sua auxiliadora,intercessora,obreira no ministério do Deus vivo.
Infelismente,pelo o que eu estou vendo,estamos parecendo como a igreja de coríntios.Uma verdadeira confusão.
Algumas igrejas estão totalmente em pecado,sem direção do Espírito Santo,sendo dirigidas por homens vazios,sem unção do Espírito Santo.
Lideres,amantes de si mesmos,arrogoantes,sendo ele à atração principal,um falso cristianismo.
Deixando Jesus em segundo plano.
Jesus Cristo em breve virá,e ele enxugará todas nossas lágrimas.
Povo de Deus! cuidado com os falsos mestres.Quem tem ouvido esculta o que o Espírito diz as igrejas.
Não sou o dono da Verdade,mas não concordo com isto aí!
É a minha opinião.

leo268 disse...

bem.. eu n concordo nem um pouco, achei os argumentos mal feitos, além de ignorar certas passagens de Tito e Timóteo. Na bíblia, infelizmente, cada um enxerga aquilo que lhe convém... qualquer argumento tirado da bíblica que eu falar aqui você provavelmente vai ter só que não vale a pena discutir por isso, se você está ganhando vidas para Cristo, quem sou eu para falar alguma coisa? Não vamos discutir por aquelas coisas que discordamos, mas vamos nos unir Naquele que amamos.

Carla disse...

Estou cansada do termo "não é bíblico" , usada como jargão semelhande aquele comum de se ouvir: "Deus me falou".
Tem argumentos que não são convicentes por mais que fazemos muito esforço para compreender. Cansei de ouvir essa justificativa para que as mulheres não possam ser pastoras: "não é bíblico" com a justificativa que não se encontra na bíblia, é claro que não... é obvio que não... porque a mulheres nem sequer eram contadas (como as crianças) na cultura bíblica e de todos os povos, como é que ia se nomear pastora? Mas e aí, tinha pastor no velho testamento dentro do modelo atual de igreja? E no novo? Claro que não! Aproveitando o embalo do assunto, o modelo desta igreja hoje não é bíblico também em diversos aspectos se tivermos olhos críticos como: individualismo, materialismo, competição, falta de compaixão, testemunho, barganha, negociação de princípios e etc. Voltando ao assunto... hoje as crianças são contadas e as mulheres podem abrir a boca para falar, porque a própria cultura da maioria dos países permite, isso é bíblico? Não é questão de dizer se é bíblico, a Hermeneutica pode ajudar para quem tem dificuldades de entender qualquer texto bíblico, uma das técnicas é fazer pergunta para determinado texto com por exemplo: no contexto cultural da época o que acontecia? E hoje o que acontece? Ao entender aonde as mulheres vivivam, como e para que naquela época, entendendo sua história atual, para quem é desprovido mesmo de toda o preconceito e aberto ao que DEUS quer revelar pela palavra RHEMA, e não LOGOS, vai descobrir que mais uma vez algo extraordinário acontecendo, QUE DEUS É ILIMITÁVEL. DEUS NÃO LIMITA SUA AÇÃO ATRAVES DO ESPÍRITO SANTO NA PESSOA DO HOMEM. Mas se vocÊ limitar a ação do Espírito Santo no contexto cultural de dois mil anos atrás transferindo para hoje e não aceitando o que Ele está fazendo na nossa atualidade, é lamentável. Se você aceitar, vc irá Glorificar a DEUS porque verá que o SENHOR continua fazendo proezas, usa as mulheres como vaso de honra, e os machões (em transformação) que se submetem as admoestações do Espirito de DEUS podem dizer: as pedras (as mulheres) estão clamando!
Sem contar que quem tem ungido as mulheres na maioria dos ministérios que conheço são os próprios homens que valorizam suas mulheres, ou outras mulheres como auxiliadoras no ministerios, como pessoas que somam e não aquelas que vão ofuscar o brilho dos homens, anular sua autoridade sendo objeto de competição.
Eu tenho visto que as mulheres estão sendo apenas reconhecidas do trabalho que realizam, quando são ordenadas por homens desprovidos do jargão de "não é bíblico". São homens corajosos a meu ver e que também precisam do nosso respeito.
Amadas, que bom ser pedra que clama, que glorifica a Pedra Angular, a Fundamental, JESUS CRISTO, o homem que nEle não havia pecado algum, que honrou as mulheres!
Aproveitando: FELIZ DIA DA MULHER, para você Mulher!

Servo de Deus disse...

Para Lynizinha.
Cabeça aberta?O reino de Deus tem que ter é sabedoria, discernimento,conhecimento da Palavra de Deus,e poder no Espírito santo.E saber o que é puro e agradável a Deus.Para combater o nosso inimigo mortal,através da pregação da palavra de salvação através de nosso Senhor Jesus cristo de Nazaré.
Vamos parar com esta,pode crer,está lindo,evangelho de prosperidade,e liberdade,elógios falsos,e hipocrisias.Vamos ser Cristãos de Verdade,e levar a sério as coisas de Deus.
A vida cristã,é renunciar o mundo os prazeres da carne.Temos que renunciarmos a nos mesmo,tomar a cruz e seguir a Jesus.Olha que a cruz é pesada,e poucos estão conseguindo carregar.
Paulo disse: por amor a Jesus,nos os apóstolos fomos cuspidos, odiados,maltratados,levados a prisão,açoitados,apedrejados,sendo
considerados lixos do mundo.Estamos vendo isto acontecer nos dias de hoje?Faço-lhe uma pergunta:Será que vc suportaria isto aí por Jesus?Dar glória a Deus,Aleluiais é muito fácil,o viver para Cristo isto é difícil.Só venceremos a tragetória Cristã, através de renúncia a este mundo cruel.
E conhecerei a Verdade(Jesus),e a Verdade vos libertará.
Vc quer uma cabeça mais aberta que a de Santanás? Ele um profundo conhecedor da palavra,e está enganando a muitos que se dizem "cristão".São presas fácieis para ele.
Jesus porém,respondendo,disse-lhes:Errais, não conhecendo as Escrituras,nem o poder de Deus.Mt 22.29
Por isso,me indignei contra esta geração e disse:Estes sempre erram em seu coração e não conheceram os meus caminhos Hb 310
Antes,exortai-vos uns aos outros todos os dias,durante o tempo que se chama Hoje,para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado.
Hb 313.
Irmãos,cuidado com os falsos mestres,e as falsas doutrinas, que estão sendo pregadas em certas igrejas por aí.Alguns Lideres tem aparência de piedosos,mas são filhos das trevas.
O joio está misturado com o trigo dentro das igrejas.
Não brinquem principalmente com Deus,ele é fogo consumidor,e também não brinquem com o diabo,ele é o inimigo das nossas. almas.

Blog Vida Renovada em Cristo disse...

Olá, querida!
Como você também sou esposa de pastor, não possuo o título, mas sou totalmente favor de suas idéias expressas neste post. Mulheres são zelosas e dedicadas e porque não pastorear lado a lado com homens?
Agradeço sua vista lá no blog.
Deus abençoe!

Amanda S. Menezes disse...

Olá! Muito bom ter você no meu blog! Retornei a escrever nele tem pouco tempo... mas creio que Deus tem derramado e tenho que compartilhar!
Li seu texto que é um tema muito discutido (e considero que foi muito bem trabalhado) e li também as opiniões! Algumas concordo e outras discordo! Mas, isso pouco importa!
O que TODOS temos que começar a entender é que somos o corpo de Cristo! Cada um com seu propósito e sua função... é como num corpo mesmo: o pé não é menos, nem mais importante que a mão! Eles só tem funções diferentes! As pessoas gastam muito tempo pensando em hierarquia! Enquanto que no Reino de Deus isso não importa... ser pastor ou ser diácono são nomes diferentes para funções diferentes! Agora quanto ao fato de ser mulher, eu só quero falar que isso também não importa no Reino de Deus... ela tem que desempenhar sua função! Aquela função que Deus colocou no seu coração! Agora não vamos discutir o que Deus colocou no coração de cada um né? Deus é SOBERANO... Gente, não gastem tempo 'sofrendo' com títulos, se perguntando se mulher pode ou não fazer isso ou aquilo... trabalhem para o Reino, deixem que o Pai coloque no seu coração qual é a sua função no Reino! É para isso que somos chamados! eu poderia até contestar o que o nosso irmão falou acima, falar o meu entendimento... afinal não concordo em partes! Mas, isso não importa irmãos! Não vamos ficar discutindo formas, enquanto o que vale é a essência!
Bem é isso...
Paz.. e benção você ter abordado esse tema!

Quem quiser visitar o meu blog é: www.frutosdegraca.blogspot.com

Pastoragente disse...

PARA LEO268

Obrigado por sua participação e viva o ecumenismo!!!

Pastoragente disse...

PARA SERVO DE DEUS
Obrigado por sua opinião registrada aqui (opinião???).
Você respondeu a Lynizinha ou usou o nome dela para responder para mim?
Não, isso não é necessário, pode me afrontar diretamente, sem ressentimentos.

Pela forma como demonstra ter experimentado tantos sofrimentos por amor a Cristo vc merece que todAs nós, humildes pés do Corpo, desprezíveis cotovelos, insignificantes orelhas, sejamos suas fãs.
Homem como vc quase não deve mais existir na terra.

Entendendo claramente que vc falou comigo, e não com ela, quero parabenizá-lo por saber usar tão bem sua autheneo, pois quase consegui “ver” vc fazendo jus a todas as variações do substantivo.

AUTHENEO - Ter completo poder sobre; controlar de maneira arrogante e tiranizadora; gritar ordens; agir como chefe com; latir para;

Pastoragente disse...

A TODOS OS COMENTARISTAS:
Obrigado por todos os que tem se colocado de forma respeitosa mesmo em discordância à essência do assunto.

Observei 2 coisas interessantes:
*Quem discorda é homem
*Quem é malcriado não tem perfil de acesso, entra como anônimo.

Thiago Barbosa disse...

Mulheres fora do pastorado?

isto só mostra como cristãos podem ser hipócritas. É inegável o auxílio mantenedor das mulheres junto à crença cristã. Tê-las como pastoras é apenas reconhecer nominalmente o papel que fazem desde os idos apostólicos neotestamentário.

Valdir Gomes Perini disse...

Pertenço a uma denominação Pentecostal Histórica (Igreja de Deus) que está presente em mais de 170 países. A ordenação de pastoras ao Ministério é prática comum em minha igreja (inclusive a minha igreja local é dirigida por uma pastora), as mulheres são ótimas administradoras e altamente capacitadas por Deus para esse ministério. Os frutos falam por si só. Parabéns à todas as mulheres que se permitem ser usadas por Deus, independentemente do título que possuem. Só uma última observação: Se Deus tem usado tantas mulheres no ministério pastoral, será que não é por falta de homens com coragem e competência para assumir o chamado?
Deus abençoe a todos

Lu e Adriano disse...

É ainda estou pensando... rs
É uma benção reconhecer uma mulher pensante, por isso já ficamos muito felizes! Esperamos encontrá-la no cyber espaço mais vezes. Paz!

Lu e Adriano disse...

É ainda estou pensando... rs
É uma benção reconhecer uma mulher pensante, por isso já ficamos muito felizes! Esperamos encontrá-la no cyber espaço mais vezes. Paz!

Thiago Schmidel de Freitas, servo, filho, e caminhante nessa terra provisória rumo a terra Celestial. disse...

Olá amada, a paz do Senhor.
Obrigado pela gentileza da visita ao meu blog, que você possa sempre ser edificada através da leitura do mesmo.
Vi suas abordagens, e as achei muito interessante. Vou estar por aqui enriquecendo-me sempre com o que Deus tem colocado no seu coração.
Já sou seu seguidor.

Deus abençoe igualmente você sua família.

Em Cristo.

Cláudio Nunes Horácio disse...

Querida Pastora, defendi duas posições: a primeira é que é óbvio que Deus chama pastoras, pois ser pastor é servir, sendo assim mulher também é chamada a servir como pastora. A outra é que o salário dos pastores consta na bíblia, sendo assim é bíblico, por isso os pastores devem ter salário.

Karen Oliveira disse...

Olá! A paz do Senhor, querida!

Obrigada pela visita ao meu blog e também por se tornar uma seguidora.
Gostei muito do seu blog, bastante dinâmico e esclarecedor...
Já estou te seguindo!
Bjinho...Deus te abençoe!

Carla disse...

Ah Pastora, esqueci de escrever uma coisa, o primeiro pastor que DEUS colocou em minha vida (e pastoreou por 10 anos) hoje ele está jubilado, por volta dos seus 75 e poucos anos, formado em Teologia, História e Direito. Além de pastor um excelente advogado já aposentado e mestre de hebraico em faculdade teologica. Nunca me esqueço das suas aulas quando ele se referia ao que Paulo dizia sobre o véu. Contava ele que a história revela o contexto em que Paulo estava vivendo, as mulheres que se convertiam ao cristianismo antes adoravam a deusa Diana e usavam os cabelos curtos. Para não se sentirem desprezadas porque se diferenciavam aparentemente pelo cabelo comprido das outras, elas foram orientadas por Paulo a usarem o véu até que seus cabelos crescessem e assim tornariam aparentemente iguais das outras mulheres,naõ escandalizando e não se sentindo descriminadas. Esse pastor jamais foi preconceituoso, me lembro que eu recém convertida sempre me incentivava a trabalhar e produzir frutos para DEUS, foi o pastor que mais me incentivou em minha vida cristã. Pena que se jubilou. Pastor de uma igreja tradicional, apesar da idade avançada sempre expressava insatisfação da denominação brasileira ser tão fechada para a nomeação de títulos às mulheres, como viajou muito para europa e eua, dizia que a mesma denominação nos eua já reconheciam as mulheres como reverendas/pastoras. Até chegou a trazer em nossa igreja uma pastora americana para pregar, mulher formada em psicologia e que dava aulas no seminário. Enfim, precisamos hoje de homens que estudem mais a bíblia sabe pastora, e tem muitos pastores que mau sabem falar e escrever português, não estudam, tem tempo integral e são preguiçosos, quando veem uma mulher se destacando pelo seu conhecimento vem com o papinho furado usando o diabo, joio, reclamando das coisas atuais, e não sabem porque perde ovelhas, por favor, se o povo tá sem conhecimento a grande responsabilidade é de quem? Dos pastores que não procuram estudar, dar conhecimento e palavra refinada para educar as ovelhas do SENHOR a não cair no conto do vigário. Muitos desses pastores usam as mesmas estratégias, botam medo nas ovelhas e usam coisas do tipo: a volta de Jesus, a rebelião, o joio, não é dizimista, maldição, e abusam de autoridade. Não se convence as pessoas usando o medo, pode até usar a psicologia barata por determinado tempo, mas uma hora tudo se revela, nada fica oculto pela eternidade.
Estou te seguindo no meu blog Pastoragente, DEUS te abençoe.

Servo de Deus disse...

Direito de resposta para:
"Pastoragente",eu não te afrontei vc e ninguém em ora alguma,e também não mencionei seu nome em momento algum.E não tenho preconceito à ninguém,principalmente as mulheres.reveja o comentário e verá que tem substantivo e plural.
Como vc diz,quem não concorda é homem.Eu digo,quem concorda a maioria são mulheres.
Agora já que vc me deu a oportunidade,Gostaria de fazer a mesma pergunta que o Sr Barbosa aí de cima fez.Me responda por favor,e prove na bíblia,onde está escritos Pastoras e Bispa.
Eu não iria falar neste assunto, mas agora me despertou,eu também quero saber.Até agora as respostas não foram convincente bíblicamente.Ou seja,está sem conclusão real,ficando na mesma,sem resposta.
Já analizei a bíblia toda,e não vi nada que relacione Bispa e pastora.Vi,que as mulheres eram cooperadoras na obra.
Todos nos,tanto homens como mulheres,somos valiosos na obra de Deus.E eu respeito muita as mulheres,são bençãos para nos os homens.
Precisamos caminhar juntos,por este motivo,Deus fez o homem e mulher não é mesmo?.
Agora,cada um na sua,o pastor deve cuidar das ovelhas,e administrar a igreja local.
É seu dever ensinar ao povo a Verdadeira Palavra de Deus com amor e sabedoria.E a mulher obreira é sua auxiliadora,e intercessora na obra de Deus.Isto não impede que as obreiras ensinem na igreja,as mulheres e jovens,e até mesmo adultos.OBS (ensinar).
Mudando de assunto,a irmã disse que eu sou autheneo,vc está muito enganada,não sou o que vc pensa de mim,vc me conhece! Para falar isto?
Apenas relatei o meu comentário que eu acho que é,e não concordei com o texto,e fui totalmente apedreijado.Hé,Hé,Hé.Isto mostra que estou no caminho certo,que é este:Jesus Cristo.
Eu respeito o seu comentário,apesar de não concordar.
Mudando de assunto,o que eu sei este blog é demogrático não é mesmo? ou não!ou faz acepção de pessoas.( Discriminação).OLha que este blog tem muitos pseudônimo não é mesmo? inclusive o seu.Sem ofenças ok?
Agora gostaria que a irmã me esclarecesse o que foi dito por vc nas frases do blog:Vc pensa diferente?Vc acha que admoestação é igual a princípio?É direito seu,porém tome sempre cuidado para não sair praticando autheneo sobre as pessoas,gritando,agindo como chefe ou latindo!!!
A irmã foi muito infeliz neste comentário.
Será que este comentário não é uma ofensa? Ou um ataque pessoal direto? Chefe,gritando ou latindo!!! Por favor,me explique esta colocação destas frases que estão na !!! e ?.
Não sou o dono da Verdade,mas não concordo com o que foi escrito e continuo com minha afirmação!
Agora,bispa,e pastora é irreal,não é bíblico.
Em Tito 3.2 diz:Que ninguém infame,nem sejam contenciosos,mas modestos,mostrando toda mansidão para com todos os homens.
Apesar das divergências,servimos o mesmo Deus,somos irmãos em Cristo Jesus.
Se alguém ficou ofendido me desculpe,apenas tento falar a Verdade.

Pastoragente disse...

PARA SERVO DE DEUS

De tudo o que vc escreveu eu só gostaria de comentar 2 coisinhas:
1-Com relação a pseudônimo estamos quites né, querido?

2-Quanto à frase do final:
VOCÊ PENSA DIFERENTE? VOCÊ ACHA QUE ADMOESTAÇÃO É IGUAL A PRINCÍPIO? É DIREITO SEU, PORÉM TOME SEMPRE CUIDADO PARA NÃO SAIR PRATICANDO authenteo SOBRE AS PESSOAS, GRITANDO, AGINDO COMO CHEFE OU LATINDO!!!

Talvez vc tenha lido beeeeem por cima o artigo, senão saberia que a explicação disso está na consideração 3.

Vamos lá então:
***VOCÊ PENSA DIFERENTE? VOCÊ ACHA QUE ADMOESTAÇÃO É IGUAL A PRINCÍPIO?
Quando comparo admoestação com princípio, quero dizer que Paulo fazia uma ADMOESTAÇÃO (conselho, exortação, repreensão) nas Igrejas de Éfeso e Corinto e não estabelecia um PRINCÍPIO (valores permanentes, linhas mestras imutáveis, leis).

*** É DIREITO SEU, PORÉM TOME SEMPRE CUIDADO PARA NÃO SAIR PRATICANDO authenteo SOBRE AS PESSOAS, GRITANDO, AGINDO COMO CHEFE OU LATINDO!!!
Vou ter que me repetir!
Na pesquisa aos melhores Léxicos (consideração 3 do post) vemos que a tradução para a palavra grega authenteo – palavra traduzida como AUTORIDADE para o português – é exatamente essa:
“Ter completo poder sobre; controlar de maneira arrogante e tiranizadora; gritar ordens; agir como chefe com; latir para;”

Então, meu irmão, não inventei essas palavras, apenas citei o LÉXICO GREGO que traz essa tradução para dizer o seguinte:
“É direito do leitor não concordar com nadica de nada, mas peço que tome cuidado para não ficar agredindo os irmãos nas discordâncias...é só isso e nada mais.
Entendeu agora???

Pra finalizar, desculpe se vc se sentiu julgado de modo pessoal.
Comunicação através da escrita é sempre complicado mesmo e tenho certeza de que por trás do seu jeito grosseiro de se comunicar existe um ser encantador, generoso e manso.

O solitário disse...

Para minha querida irmã Carla;sem ofensas.
Pesso a irmã,antes de atirar pedras em pastores, criticar,sensurar,vc deveria rever seus conceitos.
A irmã,conforme suas palavras escreveu que muitos pastores mau sabem falar e escrever português,não estudam.Não é mesmo?
Vc escreveu mau está errado!
O certo é mal com L no final.Estou certo ou errado.
Em outra frase vc escreveu naõ está errado.
O certo é não.
concorda comigo?
Me parece que a irmã sabe muito bem manejar a língua poruguesa não é mesmo?
Por isto,que eu te disse para vc rever seus conceitos.
Vc caiu no seu próprio laço.
Fique sabendo,que todos nos somos sujeitos a erros,somos humanos,homens imperfeitos.
Agora,por favor,deixem os Verdadeiros pastores viverem em paz,na luz e na pregação do evangelho de Deus.Parem com esta perseguição.
Minha irmã é com todo respeito que estou escrevendo estas linhas.

pastor neemias bispo disse...

Olá pastora, graça e paz.
Obrigado por ter visitado meu blog. Sou novo nesse negocio mas vejo que a internet é algo muito bom. Tambem sondei o seu blog e vi que é muito bom. E sobre o assunto da ultima postagem sobre mulheres no pastorei concordo plenamente contigo e lamento pessoas como o solitario. Que isso nao venha lhe incomodar por que nao vale a pena se incomodar com pessoas assim. Oro a Deus para que Ele continue levantando mulheres no ministerio pastoral, pois, a sensibilidade feminina é imprescindivel na obra de Deus. Da mesma forma que a obra de Deus carece de pastor pastor, pastor evangelista, pastor administrador, pastor mestre, pastor para jovens, pastor para casais e outros, tambem carece de PASTORAS para atuar tanto nestas areas que citei quanto especificamente em um pastoreio no para mulheres que demanda muita atençao pastoral delicada.
exemplos de demanda:
>aconselhamento
>saude da mulher (fisica, emocional e espiritual)
>problemas familiares
>problemas conjugal
e muitos outros.
Que Deus nos ilumine nesta tarefa.
Fique na Paz

O solitário disse...

Para pastoragente.Também com direito de resposta.Publique por favor.Com todo respeito que eu tenho pela irmã.
Pastoragente,tudo bem!Vc tem todo direito de excluir a minha pessoa do seu blog.
Mas,vejo que este blog é para anunciar o evangelho de Jesus.E ter comunhão com outros irmãos através da comunicação escrita,mesmo tendo divergências em opiniões.Vc concorda?
Mas deixa para lá.
Agora,falar Verdade,incomoda muita gente,incomoda muito!
Aliás,o que se refere elogios estes são rápidamente publicados.
Novamente deixa para lá.
Aliás não vivemos só de elogios,é muito bom.
mas também devemos aceitar críticas construtivas,esta nos faz refletir melhor nossas vidas,revendo nossos conceitos,e crescimento espíritual.
Minha querida irmã pastora gente.
Também se eu entrar em questão o que foi colocado por vc hein...Mas também deixa para lá.
Não vamos entrar e méritos que não levam a nada.Vc é uma mulher abençõada por Deus,e ele te ama muito.E também aprendi a te respeitar em Cristo Jesus.
Pastoragente,se eu te mogoei,e vc ficou ofendida me perdoe em nome de Jesus,não só a vc como a todos outros irmãos.Não fiz por mal!Como eu disse,apenas fiz comentários conforme minha opinião.
O que eu quiz disser, é para que as pessoas parem de criticar e expor ao ridículo as pessoas,e pastores,que segundo alguns dizem que escrevem mal,e não sabem a língua portuguesa.É só isto!Para que tanta tempestade?
O que isto interessa para Deus?
Todos nos temos os mesmos direitos de escrever como queira,seja certo,ou errado,nem todos tiveram oportunidade de estudar.
O que eu não concordo é que fiquem criticando,zombando de pastores,e pessoas simples que querem comentar,o que pensam.Por isto, defendo radicalmente este quesito ler e escrever.
Aliás a Palavra de Deus não foi feita para agradar homens,e sim para a pregação do evangelho de Salvação.
Cesso por aqui,minha última participação neste blog,porque fui expulso por não agradar a terceiros,e por falar o que penso,pois o blog é "democrático".
Mesmo assim,agradeço a vc pastoragente!Por me dar oportunidade de expor meus pensamentos,que foram colocados de uma maneira diferente.Também sei que não agradou a muitos,mas também sei que muitos foram despertados e tocados por Jesus.Porque a Palavra de Deus não volta fazia.
Deus abençõe a vc pastoragente e a todos o irmãos em cristo.Um dia irmãos,nos veremos na glória de Deus,e reinaremos com ele para sempre.

Pastoragente disse...

PARA O SOLITÁRIO E COMENTARISTAS EM GERAL:
Não estou de FORMA NENHUMA rejeitando os comentários do irmão SOLITÁRIO, mas o uso o penúltimo que ele deixou pra Carla como exemplo do que não vou mais levar a público por estar totalmente fora da linha de discussão.
Se eu permitir mais coisas assim estarei sendo conivente com os irmãos ficarem se degladiando de forma pessoal ao invés de fazermos uma discussão saudável do assunto.
Solitário, eu te amo em Cristo...nada pessoal.

Pr. Célio Lima disse...

Paz,gostei do seu blog e te apoio no ministerio rs.
da uma olhada no meu ok.
http://pastoresnetwok.ning.com | http://prceliolima.blogspot.com

Antonio Peres disse...

Olá Pastoragente.
Belo post, foi elaborado de forma excelente. Parabéns!
Fico muito feliz em ver que as pastoras estão muito bem representadas pela senhora.
Sua inteligência e discernimento bíblico mostram o seu preparo para exercer o dom de Pastora que Deus lhe deu.
Gostei muito das suas respostas nos comentários.
Dentre muitos exemplos que poderia dar neste assunto, vou usar o das missionárias.
As igrejas mandam para o campo missionário um número incontável de mulheres que fazem o trabalho pastoral sem que lhes dêem o nome de Pastoras; mas elas fazem com responsabilidade e amor tudo ou mais que muitos pastores.
Elas evangelizam, batizam, discipulam e vivem totalmente envolvidas no árduo trabalho de pastorear o rebanho.
Os homens aceitam tudo isto desde que sejam chamadas somente de missionárias, mas todos concordam que elas são os "Pastores" daquelas almas.
A posição destas mulheres diante do rebanho lhes dá o respaldo para receberem o honroso, merecido e bíblico título de Pastoras.
O apóstolo Paulo deixa muito claro que Deus escolhe homens e mulheres para pastorearem a igreja.
O respaldo bíblico para o nome Pastora é este.
"O Senhor mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres".
Outros: outras pessoas, indeterminadas, o próximo.
A palavra outros é genérica.
Então onde está escrito: Outros para pastores; devo interpretar também: Outras para pastoras.
"Ele fez isto para preparar os "santos" para o serviço cristão".Ef 4:11,12.
Parabéns Pastora, Deus é contigo, o galardão por seu empenho e dedicação no exercício do seu dom Pastoral está garantido pelo Senhor.
Pastora, que Deus abençoe mais e mais o seu ministério.

Carla disse...

De nada me ofendeu as palavras agressivas do "solitário", acredito que meu texto foi claro, objetivo, com conceitos sadios, com exemplos por mim vividos e confronta+dor.
Que pena que o irmão me interpretou errado e se sentiu tão ofendido.
Pastoragente, "tiro o chapéu" mais uma vez para a senhora, sabe colocar ordem na casa! Se eu quebrar um dia as regras, pode me disciplinar.
No amor dEle!

Comendo Maná disse...

A Paz minha pastora.. rsrs
Tenho sentido sua falta no Comendo Maná. Confesso que realmente precisamos de mais postagens desse tipo. Se tiver um tempinho seria bom aproveita-lo e ler o texto 'O Valor da Mulher' no Comendo Maná, é muito parecido com o seu. Parabéns pelo texto, muito edificante!
Peço a Deus que contine levantando mulheres cheias do Espírito de Deus, fazendo a diferença nesta geração!
Um grande abraço!
Myllena Carneiro

Antonio Cruz disse...

Pastora, parabéns pelo artigo, entendí seu ponto de vista e concordo plenamente com ele. Infelizmente, muitos hoje estão supervalorizando o título e servindo pouco. O que me entristece mesmo é a motivação de muitos. Se tivessemos mais servos e menos "pastores", "bispos" "apostolos" "profetas" etc, certamente o inchaço da igreja diminuiria considerávelmente.

Barbosa disse...

Mas quero que saibas que Cristo é a cabeça de todo varão,e o varão,a cabeça da mulher;e Deus,a cabeça de Cristo. 1 Co 11.3
Paulo se preocupa com o relacionamento correto entre o homem e a mulher e procura manter esse relacionamento como Deus ordenou.
Ele ensina que em Cristo há perfeita igualdade espiritual entre homem e mulher,como herdeiros da graça de Deus,mas é uma igualdade que envolve a ordem e a subordinação,no tocante à autoridade ver Gl3.28.
Assim como Deus é a cabeça em relação a Cristo,Cristo a cabeça em relação ao homem e o homem é a cabeça em relação à mulher.
A palavra "cabeça" pode expressar tanto a autoridade,quanto a ordem divina 1 Co 3.23; 11.8,10; Jz 10.18
Ef 1.21,22; 5.23,24.
Paulo baseia a liderança do marido,não em principios culturais,mas na atividade e propósito criativos de Deus,ao criar a mulher para ajudar o homem
ver Gn 2.18 1 Tm 2.13.
A subordinação,aqui em pauta,não é o rebaixamento da pessoa,uma vez que ela não importa em supressão ou opressão.Pelo contrário,ela mostra que o marido deve reconhecer o grande valor que Deus atribui à mulher e que é responsabilidade dele protegê-la e orientá-la, de tal maneira que a vontade de Deus para ela,no lar e na igreja seja cumprida.
Cristo,como Deus são iguais,Jesus não é inferior à Deus sendo ele o cabeça;assim também a mulher não é pessoa de segunda categoria só porque o homem é seu cabeça.
Além disso,no reino de Deus,a liderança nunca implica ser "maior".A condição de ser servo e obediente são grandezas no reino de Deus Mt 20.25-28; Fp 2.5-9.
Neste blog,tivemos variedades de opíniões nos comentários,uns certos,outros errados.
OBS:1
Mas,até agora,ninguém encontrou e provou na bíblia onde está escrito BISPA e PASTORA.
Quando alguém encontrar na bíblia,
por favor publique.
Até no momento,PASTORA E BISPA para mim é considerado,invenção do homem moderno.
Considerações finais:
Agradeço a Jesus pelas vidas das mulheres.
Mulheres que são cheias do Espírito Santo de Deus.
Estas,sempre estão prontas a nos escutar com toda mansidão demostrando amor ao proxímo,seja no seu falar,e agir.São veradeiras guerreiras no reino de Deus.
OBS:
Alguns vão entender este comentário,outros não.
Está é minha opinião.
A Paz de Jesus Cristo,sejam com todos os irmãos.

Fidelis Paixao disse...

O seu post foi bastante instigante. O Senhor me deu uma ministra ção em sonho sobre o assunto e usei informações do seu post para transforma-la em texto, que ministrei à Igreja no culto de ontem onde homenageamos a mulher.
Nao concordo com o comentario do Alexandre logo ai acima, para mim essa é a tipica visão machista, circunscrita pela cultura dominante do mundo e não pela visão bíblica dos propósitos de Deus para a Criação.
Veja o post em meu blog, eu o ofereci a voce, pastora gente.
Forte abraço, o Senhor continue te inspirando.

Pastoragente disse...

PARA ANTONIO PERES

Muito obrigado por ter participado com sua opinião e mais ainda por ter nos lembrado tão bem uma regra de ouro do nosso português: que a palavra OUTROS é um Pronome Indefinido Substantivo, ou seja, invariável, genérico, podendo se aplicar a homem ou mulher.

Pena que alguns teimam em querer enxergar a palavra PastorAAAAAA.

Barbosa, ninguém provou e não vai provar que existe o feminino da palavra, primeiro por causa da colocação pronomial e segundo porque se apegar a esse argumento seria muuuito fraquinho.

Meus questionamentos continuam:
*Por que não incomoda ninguém os títulos DIACONISA, OBREIRA, MISSIONÁRIA se elas não existem no original?????

Abraços a todos.

Dayanna Fonseca ;D disse...

Olá Pastora, a paz! ;)

Seu Blogger tem sido uma benção para quem quer compartilhar e entender um pouco mais de Deus! A admiro pela coragem de trazer assuntos tão polêmicos e a sua firmeza diante das críticas é que provam o quanto é Deus que a tem inspirado!

A todos que comentam: Não percamos o foco em Jesus! Ele está a procura de verdadeiros adoradores, e não deu a condição de ser homem ou mulher, na minha bíblia só tem : "Que o adore em espírito e em verdade! :D

Que Deus abençoe a todos! :)

Antonio Peres disse...

Querida PASTORA !!!!
Estou amando esse post.
Depois de tudo isto que estamos vendo aí, confirmamos mais ainda que MUITOS ainda não sabem "Manejar bem a palavra da verdade", as pessoas continuam sendo tendenciosas, e não sabem conjugar os textos bíblicos de forma harmônica.
Nos ajudaram a confirmar que estamos no rumo certo. kk
Graças a Deus por seu discernimento na Palavra.
Os que defendem a posição contrária a das Pastoras, só conseguiram nos provar em suas opiniões que estão BITOLADOS numa sofrível e anti-bíblica argumentação que não se sustenta diante do riquíssimo CONTEXTO da Palavra.
A palavra Pastora está entendida e subentendida em diversos textos bíblicos.
Para a Pastoragente que é gente e Pastora: A Paz do Senhor !

Conf. Edilson C. Pereira disse...

Paz, Obgdo pela visita em nosso site/blog, quero parabenizar seu blog pelo excelente trabalha!!!

Antonio Peres disse...

Pastoragente, quero lhe parabenizar pelo Dia da Mulher, e de forma muito especial porque és uma mulher Pastora, colaboradora e ministra do Reino de Deus.
Apacentad la grey del Señor bajo la Gracia de Jesucristo, y Dios te bendiga!

Barbosa disse...

Minha querida irmã "pastoragente"
com todo respeito,se a irmã permitir,vou expor meu comentário.
Mas ele estando cheio do Espírito Santo e fixando os olhos no céu,viu a glória de Deus e Jesus,que estava à direita de Deus,e disse:Eis que vejo os céus abertos e o filho do homem.que está em pé à mão direita de Deus.
Mas eles gritaram com grande voz,taparam os ouvidos e arremeteram unânimes contra ele.
E,expulsando-o da cidade,o apedrejavam.
E apedrejaram a Estêvão,que em invocação dizia:Senhor Jesus,recebe o meu Espírito.
E,pondo-se de joelhos,clamou com grande voz:Senhor,não lhes imputes este pecado.E,tendo dito isto,adormeceu.Atos 7.55,56,57,58,59 e 60.
Concluindo: minha vida neste blog,de tantas pedradas que tomei no (figurativo),está parecendo com a vida de estevão,porque ele falava Verdade,dava testemunho de Jesus foi apedrejado.
Espero,que ninguém mande pedras de verdade em mim não ok? hé,hé,hé.
SOBRE O TEXTO, Deus quando referia homens ele estava incluindo homem e mulher,não vamos misturar as coisas.Já que vcs dizem que existem,PASTORA E BISPA,DEVE TER TAMBÉM NA BÍBLIA APÓSTOLA,NÃO É MESMO?
Aí é difícl de aguentar.
Vejo que o pastor,ou bispo é o lider,em atos 20,28 diz: Olhai,pois por vós e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos,para apascentardes a igreja de Deus,que ele resgatou com o seu próprio sangue.Paulo menciona as mulheres como cooperadoras,servidoras na obra de Deus. ver Rm 16.1,2,3 Diz:Recomendo-vos,pois a Febe,nossa irmã,a qual serve na igreja que está em Cencréia.
Para que recebais no Senhor,como convém aos santos,e a ajudeis em qualquer coisa que de vós necessitar;porque tem hospedado a muitos,e como também a mim mesmo.
Saudai a Priscila e a Áquila,meus cooperadores em cristo Jesus.
OBS: 1 O que eu entendo pela Palavra, os apóstolos e evangelistas eram os que faziam missões eram missionários.OU SEJA MISSIONÁRIOS SÃO APÓSTOLOS E EVANGELISTAS.
O termo "APÒSTOLO" era usado no NT em sentido geral,para um representante designado por uma igreja,como,por exemplo,os primeiros missionários Cristãos.
Logo,no NT o termo se refere a um mensageiro nomeado e enviado como missionário ou para alguma outra reponsabilidade especial ver At 14.4,14;Rm 16,7 2 Co 8.23; Fp 2.25.
Eram servos itinerantes que arriscavam sua vidas em favor do nome do nosso Senhor de Jesus e da propagação do evangelho At 11.21-26;13.50;14.19-22;15.25,26.

EVANGELISTA.Eram homens de Deus,capacitados e comissionados por Deus para anunciar o evangelho,as boas novas da salvação aos perdidos e ajudar a estabelecer uma nova obra numa localidade Rm1.16.
Filipe,o "evangelista" em At 21.8,claramente retrata a obra deste ministério,segundo o padrão do NT pregou o evangelho de cristo At 8.4,5,35.Muitos foram salvos e batizados em água At 8.6,12,sinais,milagres,curas e libertação de espíritos malignos acompanhavam as suas pregações At 8.6,7,13.
Esta é minha opinião!
Sobre diaconisa é só ver Rm16.1.
Hoje é o dia interancional das mulheres,parabéns para vcs.
Aliás todos os dias deveriam ser internacional das mulheres.
OBS: 2 não sou machista não ok?

Ana claudia Stelet Moreno da Silva disse...

Oi minha pastora. Não podia deixar de passar para parabenizá-la pelo nosso dia. São mulheres como vc que Deus escolhe para fazer a diferença. Mulher cheia de Deus que sabe quem Ele é, mulher forte, mulher de fogo, rsrs.Admiro sua inteligência, criatividade, ousadia no Senhor e determinação.Que vc continue com esta intrepidez vinda do Espírito, para proclamar a palavra da verdade que está perto de vc , em sua boca e em seu coração. Bj enorme.

Pastoragente disse...

PARA BARBOSA:
Amém, irmão.

Líderes Excelentes para um Deus de Excelência. disse...

Parabéns pela colocação. Os tradicionais precisam abrir a cabeça e ver que as mulheres estão aqui para fazer a obra do Pai.


VocÇe me autoriza a republicar o seu texto no meu blog?

Paz e Graça.

Stol disse...

Oi pastora, Paz.
Aí, o lance deu pano pra manga, mó galera postando e cada postagem gigante, kkkkkk.
Parabéns pelo dia da mulher.
Referente sobre a mulher no pastorado, eu considero pastorado aqui, como um mero termo, assim como se alguem chegasse e falasse de si mesmo que é cristão, pelo seguinte:
Se você está numa igreja que não tem o título de pastora, mas assim mesmo você tem o dom de Deus e exerce com afinco essa função, por mais que pela igreja não haja esse reconhecimento, ás pessoas nas quais você atende, ajuda, auxilia, reconhecerão isso, ou seja, para elas você é uma pastora, ou pelo menos age como uma. A mesma coisa é a pessoa falar de si mesma que é cristã, sem demonstrar os frutos de um cristão verdadeiro, o amor á Deus acima de tudo e ao próximo com a ti mesmo, ou seja, as pessoas não o considerarão um cristão, mesmo que ele fale que seja.
Eu considero essa questão mais burocrática para determinadas igrejas do que práticas, pois se temos o Espírito Santo e o Dom de Deus, haverá realizações independente do título de pastora ou não. O reconhecimento, por mais que não venha pelos seres humanos (pra não falar homens, afinal hoje é dia da mulher, kkkkk), com certeza virá de Jesus, tanto lá no céu como galardão quanto aqui na terra, pois ele nos honra.
É a mesma questão sobre algumas igrejas batizarem por imersão e outras por aspersão e por aí vai...
Cada igreja é um esquema, mas a obra de Deus nunca poderá parar, seja com os nomes de cargos que tiverem.
Pastora, um abração e Paz.
Não ligue para possíveis afrontas e se as idéias forem divergentes, ore á Deus que ele confortará e trará a perfeita resposta.
Bjão.

CORRENDO COM JESUS disse...

Querida Rose! Passei prá te desejar um ótimo Dia das Mulheres. Que o Senhor continue te dando,beleza e força para ser coluna de palácio como nos diz o Salmo 144:12 que serve para sustentar e embelezar o Palácio do Senhor. Abraços. Débora

Gabriel Nagib disse...

Seja o quê você é, se você recebeu de Deus um dom para cuidar das pessoas, de ser como uma mãe na fé, de iniciar o discipulado (que é como defino ser Pastor/a) então assim faça.

Para mim é claro e patente que numa sociedade em quê a mulher não tinha voz, dar-lhe uma posição de guia era algo muito complicado. Mulher solteira fazendo o mesmo serviço de Paulo? Ora, as chances dela ser apedrejada como prostituta em cada cidade que visitasse era imensa (se bem que Paulo também sofreu um bocado rsrs).

Hoje em dia está difícil mesmo é achar Pastor, seja qual for o sexo dele/dela, de verdade. Temos é pseudo-sacerdotes, que se julgam intermediários entre Deus e os Homens.

Antonio Peres disse...

Pastora,,gostaria de falar um pouco mais neste importante assunto, já que vemos tantas distorções e discriminações e injustiças contra o Ministério de Pastoras.
Alguém pediu que mostrássemos na bíblia onde está escrito a palavra pastora.
Muito bem, agradeço ao irmão que tem demonstrado tanto interesse no assunto.
A palavra Pastor é usada no serviço ao Senhor como referência aos que trabalhavam nos campos como pastores no cuidado rebanho.
Em Gên:29,9 lemos: Chegou Raquel com as ovelhas de seu pai; porque era pastora.
Devemos fazer a concordância das palavras com as suas peculiaridades e usá-las no contexto do chamado dos santos.
Ef;4:12 Visando o aperfeiçoamento e desempenho da obra, o Senhor concedeu dons aos santos; na palavra santos está contida a vontade de Deus sem discriminar sexo.
Acerca dos dons espirituais.
Neste texto todos concordam que a palavra outro não é uma designação somente para homens.
1Cor:12:8a11.
Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra de sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra de conhecimento; a outro, no mesmo Espírito, a fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; a outro, operações de milagres; a outro, profecia; a outro discernimento de espíritos; a um, variedade de línguas; e a outro, capacidade para interpretá-las.
Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, DISTRIBUINDO-AS COMO LHE APRAZ, A CADA UM (ou a cada uma) INDIVIDUALMENTE.
.
Eu agradeço se puder inserir mais este comentário no post.
Obrigado Pastora..................

Barbosa disse...

Meu irmão Antonio Peres,a paz do Senhor Jesus.Com todo respeito a sua pessoa,o irmão indiretamente me citou dizendo,alguém pediu para mostrar na bíblia...Pode falar o nome Barbosa é mais coerente ok? Sem ofensas,me desculpe! Mas o irmão está confundindo as coisas,ou seja: Ovelha animal,com ovelhas do Senhor(o povo de Deus).
Jesus relata ovelhas no figurativo,o seu povo.porque ele é o bom pastor,e cuida das suas ovelhas;o que eu vejo é homens e não animais.
Raquel era uma pastora de ovelhas (animal)e não pastora de ovelhas do povo de Deus.Me desculpe com todo respeito,mas
a sua colocação,não condiz com o texto,contexto,pretexto etc.Sem ofensas ok?
pastoragente,novamente gostaria de dar minha opinião se a irmã permitir.
Em At 20.28,que diz: "Olhai,pois,por vós e por todo rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos,para apascentardes a igreja de Deus,que ele regatou com seu próprio sangue.ver Rm 16.1,2,3 sobre a mulher.
Vou repetir novamente.Nenhuma igreja poderá funcionar sem dirigentes para dela cuidar ver At14.23,a congregação local,cheia do Espírito,bucando a direção de Deus em oração e jejum,elegiam certos irmãos para cargo de presbítero ou bispo de acordo com as qualificações espirituais estabelecidas pelo Espírito Santo em 1 Tm 3.1-7;Tt 1.5-9.Na realidade é o Espírito que constituiu o dirigente de igreja.
O discurso de Paulo diante dos presbíteros de Èfesios 20.17-35 é um trecho básico quanto a princípios bíblicos sobre o exercício do ministério de pastor de uma igreja.
Em At 20.19-27,Paulo descreve de que maneira serviu como pastor da igreja de Éfesios;tornou patente toda a vontade de Deus,advertindo e ensinando fielmente os cristãos Éfesios 20.27.Dai,ele poder exclamar:Estou limpo do sangue de todos At 20.26.
Os pastores dos nossos dias também devem intruir suas igrejas em todo desígno de Deus.que pregues a palavra,instes a tempo e fora do tempo,redarguas,repreendas,exortes,com toda a longanimidade e doutrina 2 Tm 4.2,e nunca ministrar para agradar os ovintes,dizendo apenas aquilo que desejam ouvir 2 Tm 4.3.
Então vou parar por aqui senão vou escrever um livro no comentário.
Meu querido irmão Antonio Peres,com todo respeito que tenho a sua pessoa mesmo não te conhecendo,mas sei que vc é um servo de Deus fiel.
Afirmo que:
O versículo que vc citou em 1 Co 12.8,11 é acerca da diversidade de dons espirituais,não tem nada a ver com pastor bispo,apóstolo,evangelista e mestres etc.
como vcs dizem que têm pastora,bispa,e que sabe apóstola.
Vc não mencionou em momento algum,estes ministérios e provou bíblicamente este relato em seu comentário.
Continuo na minha opinião,isto não existe é invenção da igreja atual.E está distorcendo os pricipios de Deus.
É a minha opinião,sem pedradas ok?
Como vc disse à tantas distorções não é mesmo?
Este texto os comentários não terá mais fim ,quem sabe até 2020 isto acabe RsRs.

Cláu disse...

Bom Dia irmã pastoragente,gostaria de expor meu comentário se a irmã assim permitir, com todo respeito.
Está tendo aí,uma confusão,estão misturando as coisas:
Ovelha animal bicho,Com (ovelha no figurativo)homens,povo de Deus.
Raquel,era pastora de ovelhas ( animal,bicho),e não pastora de homens o povo de Deus.
Mesmo assim,respeito o comentário do irmão aí em cima.
O supremo Pastor é Jesus,ele que cuida das suas ovelhas( homens seres humanos,seu povo),todos nos sabemos.
Mas ele,designou e contituiu pastores ou bispos na terra,para cuidar do seu povo através de Moisés,Apóstolo Paulo,os (apóstolos). ver Números 27.15,16,17,Diz:Então,falou Moisés ao SENHOR,dizendo: O SENHOR,Deus dos Espíritos de toda carne,ponha um homem sobre esta congregação,que saia diante deles,e que entre diante deles,e faça sair,e que os faça entrar;para que a congregação do SENHOR não seja como ovelhas que não tem pastor. Ver em em At20.28 Aí etá bem claro.Tanto no Velho Testamento,como no Novo Testamento,vemos que são pastores,bispos, que administram a igreja,o povo de Deus.
O versículo citado pelo irmão em 1Co 12 a 11 fala de dons espirituais aos cristãos,não tendo nada a ver com Pastores,bispos,apostolos,evangelistas,mestres.Os dons são para todos os cristãos,que são lavados e remidos no sangue do Cordeiro, Jesus Cristo de Nazaré.
A Paz do Senhor Jesus Cristo fiquem com todos os irmãos.

Adrielle Kawahara disse...

Olá Pastora a paz do senhor! Belos temas abordados, muito abençoado seu bllog.
Li alguns post, mas prefiro comentar em todo.
O que a senhora fala realmente é verdade, título não leva ninguém a nada. Pode ser bispo, pastor, padre, advogado, juíz, mulher ou homem todos irão estar no dia do juízo final. Ou seja ser não leva nada à ninguém, o que importa é ser servo (obediente e praticante a palavra)

Vou continuar lendo, pois tem muito coisa abençoada.

um abraço:
Adrielle Kawahara
http://maisquecharmeoficial.blogspot.com

vou segui-la

KASSIO KIBOR disse...

Deus tem levantado no nosso tempo,
mulheres ungidas que tem trazido a igreja o amor materno,
pastoras que tem um jeito especial
para tratar as ovelhas.
a igreja perdeu muito ao proibir as mulheres de exercerem ministério.
um abraço!

Daladier Lima disse...

Relendo seu texto percebi que afirma que a palavra diaconisa não existe na Bíblia. Em Rm 16, se referindo a Febe, Paulo usa o termo diakonos.

Pastoragente disse...

É verdade querido Daladier, mas acho que não me expliquei bem no texto.
Eu disse (e confirmo) que não existe a palavra DIACONISA, no feminino.
Como todo mundo quer ver apalavra PastorAAAAA no feminino, dei o mesmo exemplo usando outra palavra genérica.
Abração e obrigado por sua importante participação por aqui.

Antonio Peres disse...

Querida Pastora, prometo que não vou mais incomodá-la (acho), mas, peço que a irmã publique esta resposta ao irmão Barbosa.
...
Meu irmão Barbosa, respeito a sua opinião e admiro o seu empenho e garra na defesa do que crês ser o certo.
O irmão tem razão, eu deveria ter citado diretamente o seu nome no comentário. Me desculpe foi um relapso kkkkk.
Acho que o meu palavreado rebuscado causou alguma confusão, ou talvez porque eu seja canhoto kkk.
Vou colocar aqui parte do que está no meu comentário anterior e que o irmão não entendeu.
Tenha paciência porque acho que nós dois temos queda para escrever livros kkk.
A palavra Pastor é usada no serviço ao Senhor como referência aos que trabalhavam nos campos como pastores no cuidado rebanho.
Em Gên:29,9 lemos: Chegou Raquel com as ovelhas de seu pai; porque era pastora.
Devemos fazer a concordância das palavras com as suas peculiaridades e usá-las no contexto do chamado dos santos.
O irmão disse que a palavra pastora não é mencionada em nenhum lugar da bíblia, e eu provei que é)kkkk
Quando digo ali que devemos fazer a concordância, ou a harmonização das palavras com as suas peculiaridades que é o atributo particular de uma pessoa e usá-las no contexto do chamado dos santos, estou afirmando que as palavras pastor e pastora são atributos de quem cuida de ovelhas etc..e que no contexto do chamado dos santos estas palavras são tributadas para as pessoas que tem o chamado pastoral.
Em relação aos dons de 1Cor, também é um complemento do que coloquei no comentário anterior, outros para profetas, ou outras para o mesmo serviço, destacando a palavra genérica Outros que está em Efésios, outros para evangelistas, ou outras para evangelistas, outros para pastores, ou outras para pastoras etc,,, o que deixa claro o chamado UNISSEX.
Cá pra mim creio que o irmão logo logo vai concordar conosco a respeito deste assunto kkk ,,,
Finalizando, agradeço pela forma como que o irmão se reportou a mim, sua polidez e respeito são dignos de um servo de Deus.
....
Pastora, agradeço pela paciência.
Que o ministério pastoral que recebestes do Senhor prospere mais e mais assim como é próspero o teu espírito. Amém!

Barbosa disse...

Pastoragente,a Paz do Senhor Jesus Cristo.
Também não vou incomodá-la mais.
Espero,que seja a última vez que respondo!
Peço também a irmã,que publique meu comentário ao irmão Antonio Peres.
Primeiramente,que a paz do Senhor Jesus Cristo o Nazareno seja com o irmão.
Novamente,com todo respeito.
Não sou o dono da Verdade,mas não concordo com suas explicações.
Ou seja: São confusas não condiz com o texto.E também não chegaram à lugar nenhum;sem provas concretas,repetindo o que já está escrito nos comentários.
Igual eu disse:Sem ofenças.
Quando o irmão não sabe,aí vem com as mesmas respostas;contexto,pretexto,genérica(o),porque sou canhoto,Unissex,KKK,etc e...
Novamente digo:Continuo com a minha opinião que: Pastora,bispa,apóstola e etc,é inveção de homens dentro das igrejas,não é bíblico.
A mulher é cooperadora,ver novamente em Rm16.1,2,3.
Mas deixando de lado as divergências,amo o irmão em Cristo,e quero dizer que temos o mesmo PAI.O DEUS TODO PODEROSO,O GRANDE EU SOU,CRIADOR DO CÉUS E DA TERRA.
E em breve,estaremos reinando para sempre com o nosso SENHOR JESUS CRISTO DE NAZARÉ.ALELUIAS! GLÓRIAS À DEUS!
Deixo uns versículos para meditação. SALMOS 133.1,2,3.
Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!
è como o óleo precioso sobre a cabeça,que desce a barba,a barba de Arão,e que desce à orla das suas vestes.
Como o orvalho do Hermom,que desce sobre os montes de Sião;porque ali o SENHOR ordena a bênção e a vida para sempre.
Que a Verdadeira Paz de nosso Senhor Jesus Cristo sejam com todos os irmãos.

MULHERES SENTADAS AOS PÉS DE JESUS. disse...

ola pastora bom dia.
sobre assunto q tanto incomoda alguns homens e algumas mulheres tbm ´so lamento afinal estamos ai pra pregar o evangelho: se ele ñ mandou da maneira q alguns querem ler com todas as letras ele tbm ñ proibiu afinal.DEUS NOS VE COMO ALMAS.E FICO SUPER FELIZ DE PODER CONTINUAR ATE A VIDA DE JESUS QUERIDAAPROVEITANDO A OPRTUNIDADE OBRIGADA PELA SUA VISITA NO MEU BLOG COMO FAÇO PRA FICAR MAIS CONHECIDA NAS MENSAGENS Q ESCREVO.ME AJUDE OK E ME ENSINA A PREPARAR UM BOM BLOG.BJOS E APAZ DE CRISTO.PASTORA ANA ROSA

ELIZANDRA ARANDA disse...

É lamentável como tantos cristãos, continuam nessa discussão sem fundamentação bíblica alguma, quanto aos "cargos" bíblicos ou não. Ao invés de usarem esse tempo para pregarem o Evangelho, que é o que esse BLOG busca fazer muito bem, e tem feito. Talvez se mudasse o nome para "missionariagente", talvez acabassem os problemas.
... deixo ainda uma pergunta aos discordantes: se somente homens podem liderar ministerialmente, porque ao longo dos anos, tantas mulheres tem se destacado e feito muito prá DEUS? Eu mesma deixo a resposta: por falta de homens, que escolham gastar seu tempo com o que importa: o IDE de JESUS. PASTORAAAAAAAAAA!!!!! Um grande beijo de todo coração, que o SENHOR continue a te usar nesse lindo propósito!!!

Josué disse...

Olá, pastoragente!
Gostei muito do seu jeito de escrever. Percebi a mistura de clareza com com humor em tudo o que escreveu.
Especificamente a respeito desse tão comentado texto, eu admirei muito sua coragem enquanto segurança, nao só no seu chamado quanto ainda de sua compreesão do assunto. Compartilho desse pensamento e digo ainda que nós somos a sequência do que está escrito na linealidade bíblica. Somos discípulos e discípulas de Cristo enquanto escrevemos outros capítulos de outros sequentes Atos crstãos, onde diante desse Cristo não há homem ou mulher, mas gente de Deus que trata e se relaciona com gente. Aliás, lembro que pastora ou pastor é aquele que leva a "ovelha" para o pasto. E, bom seria ver crescendo, independente do gênero, o número de pessoas sensíveis a voz do Espírito. É isso!
Josué

Genilda Silva disse...

Posso até ser uma das poucas mulheres que não concorda que a mulher exerça o pastorado, mas vou expôr minha opinião.

Acredito que assim como Deus criou a mulher para ser ajudadora do homem, não é fazendo o trabalho que Deus designou ao homem que ela será reconhecida como tal.

A mulher já tem seu lugar de destaque na obra de Deus.

Quando um homem é presidente de um país, sua esposa não se torna "presidenta" também. Se torna a primeira dama, recebendo assim honra por ser sua esposa e tendo sua agenda de compromissos.
Acredito que na igreja deveria ser deste modo também. O marido é pastor e sua esposa não é a pastora por ser casada com ele, mas sua principal cooperadora na obra.

Vejo que essa questão do pastorado feminino se avolumou devido a revolução feminista, onde mulheres querem se igualar aos homens.

Deus não nos fez iguais, e não há porque a mulher se igualar ao homem. Para cada um Deus tem um projeto e um chamado.

Também não desconsidero as mulheres de Deus que foram consagradas à pastoras. Todas tem seu valor. Só penso que não podemos inserir nas Escrituras algo que ela não diz.

Quando a palavra diz para a mulher não ensinar e não usar de autoridade sobre o marido, fico pensando como esta palavra pode se encaixar no caso de uma mulher ser pastora e seu marido apenas membro da congregação.(I Timóteo 2:12)
Será que quando ela for pregar não usará de autoridade sobre toda a igreja, incluse sobre o marido?

Acho essa questão muito complicada, porque como cristã procuro me apegar ao que diz a palavra, mas vejo que o nosso mundo se transforma e talvez pela carência de obreiros muitas mulheres estão vindo a ser consagradas, preenchendo assim essa lacuna.

O Senhor mesmo já nos alertava que poucos eram os ceifeiros para a grande seara.

Acredito que há muitas áreas na igreja onde a mulher possa atuar, sem que seja necessário exercer o pastorado. Já está no caráter da mulher de Deus ser ajudadora na obra.

Quando diz na Bíblia sobre o presbitério, fala claramente que seja exercido por um homem, que seja marido de apenas uma esposa, governe bem sua casa e seus filhos, não seja neófito (novato na fé). Fala das qualidades do homem de Deus para o pastorado.(Capítulo 3 de ITimóteo)

Por não encontrar respaldo bíblico a ESTE RESPEITO sobre a mulher, continuo convicta que o título de pastora veio a ser um complemento para suprir uma necessidade da igreja de Cristo na atualidade.

Na igreja Católica não vemos o título de "madre" como o padre é para uma igreja, e no entanto às mulheres católicas não deixam de exercer suas funções através das pastorais. Ainda que não estejam presidindo uma missa, não são de qualquer modo desqualificadas.

Penso que minha opinião não vai agradar a maioria. Li todos os comentários antes de postar (passei quase a tarde inteira só lendo os comentários!)mas esta é minha opinião sobre o assunto.

Obrigado por sua participação em meu blog, e sinta-se sempre à vontade para comentar.

A paz do Senhor!

http://twitter.com/aescrituraviva

Rafael de Queiroz Torres disse...

lembrando que Paulo começou as comunidades com as mulheres..

Pr. Cláudio Nunes Horácio disse...

Só para esclarecer: Em minha postagem anterior que cito Voltaire não me referi a nenhum texto da pastora, mas às refutações fundamentalistas que condenam a ordenação de mulheres. Como disse antes sou a favor da ordenação de mulheres que foram chamadas por Deus ao ministério, pois se Ele chama quem sou eu pra discordar?

Wésley Câmara disse...

Muito bom seu texto. Confesso que não li todos os comentários, que foram muitos, mas ainda vou ler com mais tempo. Também, com todo respeito, depois que li uma insinuação de que Deus é do sexo masculino, por causa de "O Cordeiro"...até desanimei. Hehe. Infelizmente as pessoas não levam em consideração os autores, a cultura da época e os motivos que levaram a tais instruções. Muitos fazem apenas a leitura literal, procurando essa e aquela palavra no grego e dando suas interpretações. É preciso saber diferenciar instruções de mandamentos, meus irmãos.
A paz a todos

Marcelo Marques disse...

Parabéns pelo Blog, já estou também lhe seguindo.

Grato

Marcelo Marques

Anônimo disse...

´´E claro que é certo mulher no pastorado. Já vi pastoras ter uma palavra mais ungida que muito pastor. Pastoras são benção.

Karin disse...

Querida irmã em Cristo, assino em baixo tudo o que escreveu. Conheço mulheres, cheias da unção de Deus, cujos maridos, até pastores, homens de Deus também, não tem nem a metade da unção da esposa. E o que fazer com o poder de Deus? Engavetá-lo por puro preconceito? Deus nos chamou, independente de sexo, e de título. Um abraço...Pra Karin

camposide.blogspot.com disse...

No meu ponto de vista Bíblico, não há respaldo para consagração de mulheres ao cargo ministerial da Igreja de Cristo.
1- Creio eu de que Deus formou primeiramente o homem, depois ele tira uma das costelas de Adão e faz a mulher. Isso tem um significado muito grande para nós, pois Deus neste ato, mostra de que a mulher estava em seu segundo plano. "Primeiro formarei o homem, depois a mulher".
Na vida ministerial de Jesus, também ele segue a mesma regra do Pai, chamou homens para trabalhar em prol do seu Reino e de Sua Igreja. As mulheres não estavão fora, elas aos poucos foram também se aglomerando ao lado do mestre. Mas isso não significou de que elas poderiam também serem separadas para o ministerio Eclesiástico. As mulheres de Pastores, devem ser consideradas pastoras, mas não para exercer o ministerio como Guia espiritual de um ministério. Não estou aqui defendendo machismo, ou feminismo, mas é uma regra determinada pelo Senhor Jesus. ele chamou homens para o ministério, e não mulheres. Deus poderia muito bem, gerar uma mulher para salvar a humanidade, mas porque ele gerou seu filho, porque ele criou primeiro o homem e não a mulher, e Deus não é Deus de confusão, mas um Deus organizado, e que faz as coisas acontecerem de acordo com sua soberana vontade. Agora uma coisa que me deixa triste, é que as pessoas querem preencher as lacunas de silêncio que Deus deixou registrado na sua Palavra, e isso é muito ruim, para nos que somos cristãos. Não podemos querer que a Palavra de Deus esteja de acordo com nossa vontade, mas sim, nós é que devemnos estar de acordo com a Palavra de Deus, para que não venha aquela palavra de exortação que diz: Que muitos afastariam da sã doutrina, e dariam ouvidos a homens com comicho~es nos ouvidos. Estamos vivendo os últimos momentos aqui na terra, e uma coisa é certa, Jesus está vindo aí, buscar a sua Igreja.
um beijo no coração de todos.

Júlio Pinto disse...

A questão é que falta homem mesmo, homem de fibra. No jardim do Éden Deus havia dado a ordem de guardar e cultivar o jardim ao homem. Mas ele não o guardou. Assistiu a tentação de Eva e não fez absolutamente nada, enquanto sua esposa tomava a frente. Deu no que deu. Assim é com a igreja hoje. Veremos no futuro o resultado disso. sugiro leitura - www.revjuliopinto.blogspot.com do texto Pastora? Pastorado feminino?
Que Deus tenha misericórdia de nós.

Gilberto R. silva disse...

sou pastor e tenho muita satisfação em ver mulheres sendo ordenadas como pastora, o primeiro que quebrou esse paradigma de descriminação com as mulheres foi o próprio Jesus cristo quando encontra-se com a mulher samaritana e pede água (que era proibido conversar com mulher em publico e ainda sendo samaritana) e mais, Jesus fez mais ainda, quando ressuscitou apareceu a uma mulher e não aos homens, e porque os homens querem com seus legalismo ser mais do que nosso senhor Jesus.
nos comandamos igreja dirigida por mulher e que anda melhor do que com homens.